O Conaci >

Quem Somos

CONACI – Conselho Nacional de Controle Interno

Em uma sociedade que demanda atitudes cada vez mais ativas em defesa da transparência dos gastos públicos, o Conaci exerce um papel mobilizador fundamental ao criar e promover sistemas de controle para a construção de gestões públicas mais eficientes e assertivas.

Sua atuação se dá a partir do intercâmbio de conhecimentos, práticas e informações, possibilitando um trabalho conjunto para a formulação, implementação e avaliação de políticas nacionais de controle e gestão.

Além de discutir, conhecer e trocar experiências, o Conaci consolida-se com o propósito principal de promover a necessária integração entre todos os órgãos responsáveis pelo controle dos gastos públicos atuantes no Brasil, beneficiando a sociedade, o Estado e o país.

Faz parte de sua atuação a coordenação e articulação das ações de interesse dos órgãos de controle interno, a realização de debates e eventos de interesse de seus membros e a coordenação e desenvolvimento de programas e projetos voltados à construção de mecanismos de controle que possibilitem ao país avançar econômica e socialmente, aproximando o poder público dos cidadãos.

Endereço para correspondência: Rua Domingos Marreiros, 2001, Fátima, Belém/PA. CEP: 66060-160

Secretaria Executiva: (91) 3239-6476 / 3239-6477 / 3239-6479

 

Breve Histórico

 

  • 2016

    Aprovação de modelos de Decretos-Lei de Regulamentação da Lei Anticorrupção, da Lei de Acesso à Informação e do Marco Legal das Organizações da Sociedade Civil; apoio à PEC 45/2009, por meio de articulação com senadores, entidades e divulgação em eventos; aprovação do Planejamento Estratégico 2016-2018; realização de seminário para planejamento e matrizes de risco de órgãos de controle interno; aprovação dos pilares estratégicos do Promoin com apoio do Banco Mundial; publicação da obra “Panorama do Controle Interno no Brasil – Conaci 2016” e disponibilização para download, bem como divulgação em eventos; realização da 20ª Reunião Técnica e do XII Encontro Nacional, em Fortaleza/CE, com recorde de 1.300 participantes; realização de missão técnica de visita de estudos a órgãos de controle interno na Bulgária e Croácia; participação no Seminário do Banco Mundial para discussão das melhorias no controle interno no Brasil; produção de Relatório de Avaliação da Auditoria Governamental com base no Modelo IA-CM para 12 filiados; aprovação de grade de treinamento para o controle interno e do Seminário de Conscientização e Promoção do Controle Interno; participação em encontros do Pempal Iacop na República Checa e Rússia; oficialização do apoio institucional e financeiro do Banco Mundial às ações do Conaci; continuidade dos Grupos de Trabalho (Geral, Legislação, Normas Profissionais, Treinamento e Certificação e IA-CM); participação ativa nas ações da Enccla 2016; inclusão de novos filiados (Manaus/AM e João Pessoa/PB); fortalecimento de parceriais com instituições como Atricon, Unacon-Sindical, STN, APF, FGV, Ministério Público, AGU, TCU, PNUD, IIA Brasil, MPF, MJC, JF, Ajufe, Ethos, Abio, Caixa Econômica, Sindi-Auditoria/SC, CNI, BNB, OSDP, USP, UFRJ e CFC.

  • 2015

    Aprovação de Minuta-padrão para regulamentação da Lei Anticorrupção nos Estados e Municípios; ação em prol da PEC 45: publicação de artigos (Folha de São Paulo, Correio Braziliense), envio de ofícios a todos os senadores e audiência com o relator, que elaborou parecer favorável, encontrando-se em condições para votação em plenário; parceria com o Banco Mundial: 2º Seminário “O Sistema de Controle Interno no Brasil – avanço por mais eficiência”, com edição da Carta de Brasília, publicação conjunta e realização da 2ª fase da capacitação dos técnicos de auditoria interna dos Órgãos de Controle Interno; publicação do Portfólio de Boas Práticas de Controle Interno; XI Encontro Nacional de Controle Interno em Minas Gerais, com mais de 600 participantes; inclusão na ENCCLA – Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro; outorga da Comenda do Conaci a Valdir Agapito, Angela Silvares e Rosa Tenório; reforço da divulgação e interação por meio de mídias e redes sociais; envio a autoridades dos três poderes e a universidades das publicações “Panorama do Controle Interno no Brasil” e “Portfólio de Boas Práticas”; criação de Comitê Editorial para publicação anual técnica sobre controle interno; realização de pesquisa sobre implementação da Lei de Acesso à Informação e da Lei Anticorrupção.

  • 2014

    Aprovação de modelo de Relatório de Atividades de Controle Interno e do Manual de Controle Interno aplicado ao Setor Público; parceria com o Banco Mundial: definição de plano de ação, realização do 1º Seminário “O Controle Interno Governamental no Brasil”, em Foz do Iguaçu, e início da avaliação e capacitação de Órgãos de Controle Interno, com o método IA-CM; X Encontro Nacional de Controle Interno no Rio de Janeiro, com mais de 500 participantes; outorga da Comenda do Conaci a Jorge Hage, Renato Casagrande, Inácio Arruda e Eunício Oliveira; início de parceria com o PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Ministério Público Democrático, Fundação Getúlio Vargas e com a Associação Paulista de Fundações; debates sobre a regulamentação da Lei Anticorrupção; publicação de artigo no jornal “O Globo”; publicação do “Panorama do Controle Interno no Brasil” e envio para todos os membros do Conaci, prefeitos de capitais e governadores.

  • 2013

    Adequação do Estatuto às demandas do Conselho; Aprovação do regimento interno do Conaci; Filiação de Novos Membros – Órgãos de Controle Interno da União e dos Municípios de Maceió, Recife, Fortaleza e São Paulo; Fomento à implantação da Lei de Acesso à Informação – LAI, com a realização de Pesquisas sobre o estágio de implementação e regulamentação pelos Estados e Municípios das capitais; Mobilização para impulsionar a tramitação da PEC nº45/2009 no Senado; Atualização do Diagnóstico do Perfil dos Recursos Humanos dos Órgãos de Controle Interno.

  • 2012

    Eleição de nova diretoria, que passou a contar com duas Vice-Presidências. Instituição do Planejamento Estratégico 2012-2013, dividido em três pilares: Político – voltado para o fortalecimento institucional do Conselho; Técnico – voltado para contribuir na integração e no desenvolvimento dos órgãos de controle interno; e Operacional – voltado a modernizar e instrumentalizar o Conaci.

  • 2011

    Criação de Grupos de Trabalho, com membros do Conaci, para acompanhamento dos principais temas em destaque no Controle Interno, tais como PROMOIN, Lei de Acesso à Informação e Agenda Legislativa.

  • 2010

    Aprovação, pelo Conaci, das diretrizes do Controle Interno.

  • 2007

    Criação do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci).

  • 2004

    Realização do I Fórum Nacional de Órgãos de Controle Interno dos Estados Brasileiros e do Distrito Federal.