Sala de Imprensa > Notícias > Distrito Federal: Projeto “Controladoria na Escola” é apresentado em evento da Escola do Parlamento
Postado em: 6 de fevereiro de 2018

Distrito Federal: Projeto “Controladoria na Escola” é apresentado em evento da Escola do Parlamento

A Escola do Parlamento realizou na última sexta-feira (2/02) a 3ª edição do Projeto Cidades e Inovações trazendo um caso de sucesso da Controladoria Geral do Distrito Federal. Trata-se do projeto “Controladoria na Escola”, que foi criado em 2016, com o intuito de estimular a participação de alunos e professores em um programa que promove a consciência cidadã, o controle e participação social para a solução de problemas do País e a capacitação ética e cidadã dos jovens.

O “Controladoria na Escola” é voltado aos alunos de 8º e 9º anos do ensino fundamental das escolas do Distrito Federal. O controlador geral do Distrito Federal, Henrique Ziller, explicou que o objetivo é envolver o aluno a fiscalizar e cuidar da escola que ele frequenta.

“O aluno verifica as condições das instalações da escola e também da merenda escolar. E depois dessa análise, percebe que, muitas vezes, os próprios alunos são causadores do problema. Então a ideia é propor uma solução e participar dela”, disse o controlador.

Em 2017, esse projeto reuniu 104 escolas do Distrito Federal, quatro mil alunos e 280 professores. As escolas participaram de uma gincana, visando a melhoria do ambiente escolar, na qual receberam prêmios que totalizaram R$ 140 mil. Os professores foram capacitados e treinados para participar do projeto e concorreram a 30 bolsas de pós-graduação.

O programa também contou com um aplicativo que ajudou os alunos a catalogarem os problemas verificados nas escolas.

“Esse aplicativo gera um relatório, que depois é utilizado tanto para descobrir as causas do problema como propor soluções para aquilo que foi identificado”, disse Ziller.

O diretor-presidente da Escola do Parlamento, Humberto Dantas, afirmou que o projeto apresentado pelo controlador geral do Distrito Federal, Henrique Ziller, tem a capacidade de  transformar essa cultura de percepção das pessoas acerca de suas responsabilidades em relação a realidade pública.

“É uma fala que nos conecta com princípios basilares da cidadania e a partir disso eu acredito que a gente possa fortalecer coisas que já fazemos e obviamente buscar inspirações nessa experiência de educação para cidadania.”

Para obter mais informações sobre esse projeto basta consultar no youtube os termos: Controladoria na Escola ou Prêmio Escola de Atitude. Você também pode conhecer o trabalho da Escola do Parlamento no Portal da Câmara.

Projeto “Controladoria na Escola”, do DF, é apresentado em evento da Escola do Parlamento

A Escola do Parlamento realizou nesta sexta-feira (2/02) a 3ª edição do Projeto Cidades e Inovações trazendo um caso de sucesso da Controladoria Geral do Distrito Federal. Trata-se do projeto “Controladoria na Escola”, que foi criado em 2016, com o intuito de estimular a participação de alunos e professores em um programa que promove a consciência cidadã, o controle e participação social para a solução de problemas do País e a capacitação ética e cidadã dos jovens.

O “Controladoria na Escola” é voltado aos alunos de 8º e 9º anos do ensino fundamental das escolas do Distrito Federal. O controlador geral do Distrito Federal, Henrique Ziller, explicou que o objetivo é envolver o aluno a fiscalizar e cuidar da escola que ele frequenta.

“O aluno verifica as condições das instalações da escola e também da merenda escolar. E depois dessa análise, percebe que, muitas vezes, os próprios alunos são causadores do problema. Então a ideia é propor uma solução e participar dela”, disse o controlador.

Em 2017, esse projeto reuniu 104 escolas do Distrito Federal, quatro mil alunos e 280 professores. As escolas participaram de uma gincana, visando a melhoria do ambiente escolar, na qual receberam prêmios que totalizaram R$ 140 mil. Os professores foram capacitados e treinados para participar do projeto e concorreram a 30 bolsas de pós-graduação.

O programa também contou com um aplicativo que ajudou os alunos a catalogarem os problemas verificados nas escolas.

“Esse aplicativo gera um relatório, que depois é utilizado tanto para descobrir as causas do problema como propor soluções para aquilo que foi identificado”, disse Ziller.

O diretor-presidente da Escola do Parlamento, Humberto Dantas, afirmou que o projeto apresentado pelo controlador geral do Distrito Federal, Henrique Ziller, tem a capacidade de  transformar essa cultura de percepção das pessoas acerca de suas responsabilidades em relação a realidade pública.

“É uma fala que nos conecta com princípios basilares da cidadania e a partir disso eu acredito que a gente possa fortalecer coisas que já fazemos e obviamente buscar inspirações nessa experiência de educação para cidadania.”

Para obter mais informações sobre esse projeto basta consultar no youtube os termos: Controladoria na Escola ou Prêmio Escola de Atitude. Você também pode conhecer o trabalho da Escola do Parlamento no Portal da Câmara.

Informações para a imprensa:

Assessoria de Comunicação da CGDF
E-mail: ascom@cg.df.gov.br
Telefone: (61) 2108-3208
Site: www.cg.df.gov.br

Mais informações sobre o Conaci:

Ane Ramaldes
Assessora de Comunicação
E-mail: comunicacao@conaci.org.br
Telefone: (21) 97500-4402