Sala de Imprensa > Notícias > Ceará: Reunião da Rede de Controle Social do Estado discute participação das Ouvidorias no IPF
Postado em: 6 de dezembro de 2018

Ceará: Reunião da Rede de Controle Social do Estado discute participação das Ouvidorias no IPF

O evento, que reuniu ouvidores e representantes dos Serviços de Informação ao Cidadão do Estado, foi realizado no auditório da Seplag

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) realizou, na manhã de quarta-feira (05), a 6ª e última Reunião da Rede de Fomento ao Controle Social de 2018. O evento, que reuniu ouvidores e representantes dos Serviços de Informação ao Cidadão do Estado, foi realizado no auditório da Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado (Seplag) e teve como tema central o papel das Ouvidorias no Projeto de Apoio à Melhoria da Segurança Hídrica e Fortalecimento da Inteligência na Gestão Pública do Estado do Ceará (IPF/CE).

Abrindo a reunião, o secretário adjunto da CGE, Marconi Lemos, destacou a importância desta última reunião como parte do processo de avaliação da gestão. “Sempre que chegamos ao final do ano, nós temos a oportunidade de refletir sobre o que foi feito e o que não foi feito na gestão. No caso da nossa Rede de Fomento ao Controle Social, nós temos sim muito que comemorar. Vocês, atores na área de Ouvidoria, conhecem muito bem os desafios que temos para fortalecer o serviço e o quanto nós conseguimos avançar esse ano, tanto através de novas legislações como também do reconhecimento da atividade no Estado”.

Dando seguimento a reunião, o coordenador de Fomento ao Controle Social da CGE, Ítalo Brígido, deu inicio as discussões sobre o papel das Ouvidorias no Projeto de Apoio à Melhoria da Segurança Hídrica e Fortalecimento da Inteligência na Gestão Pública do Estado do Ceará (IPF/CE).

“O projeto é uma iniciativa do Governo do Estado do Ceará junto ao Banco Mundial, para avançar de forma integrada na governança dos recursos hídricos do Estado, fortalecendo sua infraestrutura hídrica e de saneamento, preparando o Ceará para enfrentar problemas recorrentes das secas”.

“Assim, o papel das Ouvidorias no IPF Ceará está ligado à captação de denúncias relativas ao projeto, servindo como uma forma do Estado para monitorar à distância, por meio de informações repassadas pela própria população das localidades, ações que acarretem prejuízo aos recursos hídricos”, pontuou.

E mais

Ainda como parte da reunião, os ouvidores e representantes dos Serviços de Informação ao Cidadão foram informados sobre os assuntos discutidos durante o XXI Congresso Brasileiro de Ouvidores/Ombudsman, que aconteceu em São Paulo, nos últimos dias 21, 22 e 23 de novembro.

Participaram na ocasião, membros da Rede de Fomento ao Controle Social do Estado, como os ouvidores da STDS, CAGECE, SEFAZ, ZPECE, e de outras instituições do Estado como a UFC, AL, ABO-CE, IDT e o Conselho Regional de Administração do Ceará.

 

Fonte:

Assessoria de Comunicação da CGE-CE
Telefone: (85) 3101-3474
E-mail: comunicacao@cge.ce.gov.br
Site: www.cge.ce.gov.br
 

Informações sobre o CONACI:

Xaene Pereira
Assessora de Comunicação
E-mail: comunicacao@conaci.org.br
Telefone: (51) 98195-1911